InícioBrasilJô Soares morre aos 84 anos em São Paulo

Jô Soares morre aos 84 anos em São Paulo

Jô Soares morreu nesta sexta-feira (08/05) no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. O artista de 84 anos estava internado desde o dia 28 de julho. José Eugenio Soares deixou um legado no teatro, na literatura e na televisão.

Jô Soares morre aos 84 anos. Foto: Divulgação TV Globo
Jô Soares morre aos 84 anos. Foto: Divulgação TV Globo

A causa de sua morte não foi divulgada. A cerimônia de despedida será íntima, com apenas familiares e amigos próximos.

Conhecido por sua arte, Jô Soares, nascido no Rio de Janeiro em 1938, abriu mão da carreira de diplomata para se dedicar à televisão.

Quando estreou na televisão em 1958, conseguiu atender 3 emissoras simultaneamente. TV Rio, TV Continental e TV Tupi. Dois anos depois, mudou-se para São Paulo para se dedicar exclusivamente às gravações de TV.

Entre 1967 e 1971, Jô Soares ganhou o famoso programa “Família Trapo”, onde trabalhou como roteirista com o humorista Carlos Alberto de Nóbrega. Na mesma série, algum tempo depois, ele ganhou o papel de Mordomo Gordon.

Em 1970, assinou contrato com a TV Globo e estreou no rádio com “Faça Humor, Não Faça Guerra”. Além desses, esteve em outros espetáculos até a estreia de Viva o Gordo (o maior ícone de sucesso humorístico de sua carreira).

Programa de Entrevistas que marcaria várias gerações

No ano de 1987, Jô Soares resolveu não renovar com a TV Globo e foi para o SBT. Ele começou a apresentar o talk show. “Jô Soares Onze e Meia” que ficou no ar por 11 anos. Na visão de Jô, esse estilo de arte é o que mais lhe traz alegria. Ele disse que se sentia vivo ao falar com o entrevistado.

Em 2000, voltou à Globo e foi ao ar até 2016 com o “Programa do Jô”. Esse modelo de programação tornou-se um marco na televisão brasileira.

Além da televisão e do humor, Jô Soares escreveu muitos livros. Além de publicar crônicas nos jornais “O Globo” e “Folha de São Paulo”, publicou livros aclamados pela crítica: “O Astronauta sem Regime”, “Rua O Xangô de Baker”, “Matando Getúlio Vargas” pessoas”, “Assassinato na Academia Brasileira de Letras” e “As Esganadas”.

Jô Soares morre aos 84 anos em São Paulo 1 Beijo do gordo

Ao longo de sua carreira na televisão, Jô foi marcado por chavões. Entre eles, “Beijo do Gordo”. O comediante se despedia do público com esta frase no final de seus programas.

Para muitos fãs e artistas, despedir-se de Jô Soares é um momento de memória, tristeza e saudade. Ao longo de sua carreira, Jô fez história, lançou artistas e levantou multidões que não tinham um sorriso fácil em suas vidas. Claro que o artista ficará eternizado no coração de quem acompanhou sua trajetória, conquistas e contribuições.

Aqui “Jazz” Jô Soares. O trocadilho foi dito, certa vez pelo próprio Jô, com muito humor, de como gostaria que ficasse escrito em sua lápide, se referindo à sua paixão pelo estilo musical.

Jornal dos Bairros
Jornal dos Bairros
Jornal dos Bairros de Curitiba. Nós somos dos bairros e vivemos o seu dia a dia. Os bairros tem muito para melhorar e todos sabemos disso. Isso deve ser mostrado, criticado e cobrado. Mas os bairros também têm muitas coisas boas. Com pessoas de iniciativa, que fazem a diferença. O Jornal dos Bairros é tudo isso ao mesmo tempo. Tudo tem que ser dito ou mostrado! Somos os bairros de Curitiba, e nossa voz tem poder!
VEJA TAMBÉM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

TEMPO E TEMPERATURA

Curitiba
nevoeiro
14.1 ° C
14.3 °
13.1 °
68 %
2.6kmh
100 %
dom
23 °
seg
25 °
ter
20 °
qua
20 °
qui
16 °

REDES SOCIAIS

1,354FãsCurtir
99SeguidoresSeguir
14SeguidoresSeguir